Os acopladores indutivos da Turck transferem dados e energia também com deslocamentos angulares e paralelos

Acopladores Indutivos

02/14 – A nova série NIC da Turck transfere dados sem contato para até 12 Watts de potência

Mülheim, 13 de março de 2014

Na feira em Hannover, a Turck apresenta pela primeira vez seus acopladores indutivos sem contato para transmissão de sinal e potência. Os acopladores indutivos da série NIC consistem de uma unidade primária e secundária e podem ser conectados de forma tão simples quanto uma conexão de plug. Eles transmitem 12 Watts de potência através de uma interface aérea de 7 milímetros. A função de diagnóstico detecta a presença da unidade secundária, bem como quaisquer objetos de metal. Com um desvio angular tolerado de até 15 graus e um deslocamento paralelo de até 5 milímetros, os acopladores também podem ser instalados em locais de montagem restritos e não padronizados.

A versão padrão da série NIC transfere dois sinais PNP. Se a unidade principal estiver conectada a um mestre IO-Link, os dados também podem ser transferidos bidirecionalmente a partir da medição de sensores IO-Link. Em combinação com o TBIL I/O-Hub da Turck, é possível até mesmo identificar trocadores de ferramentas, já que as caixas de junção podem transferir sua ID para o controlador via IO-Link. A combinação da segunda unidade primária da Turck que funciona como um mestre IO-Link e a junção TBIL permite a transferência de até oito sinais de comutação.

Como um “conector sem contato”, a nova série de produtos é uma solução ideal para os problemas de desgaste que ocorrem com os contatos sujeitos a estresse severo. As áreas de aplicação típicas são sistemas de monotrilho elétrico, trocadores de ferramentas ou rolos. Como a unidade secundária está operacional dentro de 10 milissegundos, e o “emparelhamento dinâmico”, isto é, o acoplamento de qualquer seção primária e secundária, é suportado, ela é perfeitamente adequada para aplicações com alta taxa de ciclo, como robôs trocadores de ferramentas ou tabelas rotativas de indexação.

Na feira em Hannover, a Turck apresenta pela primeira vez seus acopladores indutivos sem contato para transmissão de sinal e potência. Os acopladores indutivos da série NIC consistem de uma unidade primária e secundária e podem ser conectados de forma tão simples quanto uma conexão de plug. Eles transmitem 12 Watts de potência através de uma interface aérea de 7 milímetros. A função de diagnóstico detecta a presença da unidade secundária, bem como quaisquer objetos de metal. Com um desvio angular tolerado de até 15 graus e um deslocamento paralelo de até 5 milímetros, os acopladores também podem ser instalados em locais de montagem restritos e não padronizados.

A versão padrão da série NIC transfere dois sinais PNP. Se a unidade principal estiver conectada a um mestre IO-Link, os dados também podem ser transferidos bidirecionalmente a partir da medição de sensores IO-Link. Em combinação com o TBIL I/O-Hub da Turck, é possível até mesmo identificar trocadores de ferramentas, já que as caixas de junção podem transferir sua ID para o controlador via IO-Link. A combinação da segunda unidade primária da Turck que funciona como um mestre IO-Link e a junção TBIL permite a transferência de até oito sinais de comutação.

Como um “conector sem contato”, a nova série de produtos é uma solução ideal para os problemas de desgaste que ocorrem com os contatos sujeitos a estresse severo. As áreas de aplicação típicas são sistemas de monotrilho elétrico, trocadores de ferramentas ou rolos. Como a unidade secundária está operacional dentro de 10 milissegundos, e o “emparelhamento dinâmico”, isto é, o acoplamento de qualquer seção primária e secundária, é suportado, ela é perfeitamente adequada para aplicações com alta taxa de ciclo, como robôs trocadores de ferramentas ou tabelas rotativas de indexação.

Select Country

Turck worldwide

小草青青在线观看免费